segunda-feira, 2 de maio de 2011

Visita a lugares de Portugal (Lagos e S. Braz do Alportel)

Visita a Lagos

Lagos é outra importante cidade algarvia. Assim como albufeira, é bastante procurada pelo turismo interno e externo, devido à temperatura do mar em suas praias (muitos turistas dos Países nórdicos procuram este balneário até mesmo no inverno). O Pastor Marcus Klein - líder da IMW em Lagos - vem desenvolvendo um abençoado ministério a frente desta igreja; auxiliado pelo Presbítero Marcionílio.

Foi muito bom ver a fase de alegria e progresso em que vive aquela igreja wesleyana. Tivemos um culto maravilhoso! Encontramos ali irmãos que conhecêramos no passado e outros mais novos. Um Ministério de Louvor dedicado e ungido dirigiu o momento de adoração. Senti grande liberdade para pregar ali. Celia cantou um hino do Nani Azevedo e o Pastor César deu uma saudação. Em seguida, oramos por todos os participantes.

Após o culto, fomos para a casa de alguns irmãos brasileiros que foram ovelhas do Pastor José Sérgio, na IMW de Mantena. Eles e outros brasileiros residem em uma ampla casa. A irmã Olga - nossa anfitriã - preparou um jantar à mineira (frango frito, arroz e feijão; e aquela couve cortada tão fininha, como os mineiros gostam de fazer). Estes irmãos tem sido de grande importância no trabalho do Pastor Marcus. Após o jantar, fomos dormir na residência pastoral.

Visita a S. Braz do Alportel

No dia seguinte, tivemos que percorrer mais de cem quilômetros - de Lagos até Vila Real de S. Antonio, na divisa de Portugal com a Espanha, no extremo sul da Península Ibérica. Antes de ingressar na cidade de Vila Real, atravessamos a imponente ponte que liga os dois Países, para abastecer o carro com óleo diesel na cidade espanhola de Ayamonte - que é bem mais barato do que em Portugal. Celia aproveitou para comprar lençóis e colchas em um Shopping da fronteira.

Em seguida, fomos para a residência do Pastor Godoy - responsável pelo trabalho wesleyano em Vila Real de S. Antonio e S. Braz do Alportel. Infelizmente, não pude visitar a IMW de Vila Real de S. Antonio; pois teríamos apenas este dia para esta visita. Antes de sairmos para o culto - em uma viagem de cerca de trinta minutos - tomamos um chá na residência pastoral.

Enquanto o Pastor César levou Celia para fazer uma rápida visita a sua mana Maristela e o Pastor João Batista, na cidade de Tavira - próxima de onde estávamos - eu segui com o Pastor Godoy para a IMW de S. Braz do Alportel. Graças a Deus, eles conseguiram chegar ainda no período da mensagem; e ao final da mesma, Celia ainda cantou e deu uma saudação ao povo; e o Pastor César orou em favor dos participantes.

Após o culto, fomos jantar ali perto, com a família pastoral. A esposa do Pastor Godoy é irmã do Pastor Cleber - da nossa igreja em Iuna, no sul do Espírito Santo. Conversamos muito à mesa. Demos também algumas sugestões a Pâmela - sua filha de dezenove anos, que está vivendo aquela fase em que o jovem procura definir sua situação vocacional.

Após o jantar, saímos com alguma pressa, rumo a Lisboa - a cerca de duzentos e cinquenta quilômetros de distância - pois teríamos que pregar no culto de Santa Ceia, de manhã cedo, na IMW do Barreiro. Retornei louvando a Deus pelos dois pastores wesleyanos que visitei. eles tem dois pontos em comum: Ambos são oriundos da II Região Eclesiástica; e ambos estão fazendo um abençoado trabalho no Algarve.

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário