terça-feira, 26 de abril de 2011

Um pedaço de osso

"1 Veio sobre mim a mão do Senhor; e ele me levou no Espírito do Senhor, e me pôs no meio do vale que estava cheio de ossos; 2 e me fez andar ao redor deles. E eis que eram muito numerosos sobre a face do vale; e eis que estavam sequíssimos. 3 Ele me perguntou: Filho do homem, poderão viver estes ossos? Respondi: Senhor Deus, tu o sabes. 4 Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor"
(Ezequiel 37.1-4).

Na manhã deste sábado, o Pastor Antonio Faleiro Sobrinho pregou. Foi um momento de grande inspiração para todos nós. E o texto escolhido por ele - baseado em Ezequiel 37, sobre o "Vale de Ossos Secos" - foi abordado sob unção visível. E, realmente, Deus nos falou naquela manhã!

Um vale assustador

Tenho lido e ouvido muitas vezes sobre a experiência de Ezequiel. A visão do profeta - daquele vale assustador - já foi pregada por mim, em algumas ocasiões. O milagre ocorrido naquele vale, sob a liberação da palavra profética e o mover do Espírito de Deus; o qual provocou a ressurreição e a constituição de um grande exército, é uma cena capaz de causar profunda impressão - tanto naqueles que lêem este texto pela primeira vez, como naqueles já habituados ao mesmo.

O fator determinante não é a substância

O interessante é que, enquanto ouvia atentamente a mensagem, o Espírito de Deus me levou a refletir sobre um detalhe que sempre passou despercebido aos meus olhos - naquele cenário trágico, cuja marca dominante era de morte e devastação. Deus falou comigo sobre um ponto, acerca do qual nunca li ou ouvi: Que aquilo que iria fazer diferença ali, não era ser um profeta ou um pedaço de osso; e sim estar ao alcance do agir de Deus.

É necessário estar no lugar certo

Diante da presença de Deus, tanto faz ser um "bolo de carne" ou um "pedaço de osso". Ao ser interpelado por Marta, Jesus declarou-lhe que "... Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada" (Lucas 10.42) - e Maria estava na presença de Deus! Isto significa que a única coisa necessária é sermos tocados pela palavra profética e sermos envolvidos pelo vento do Espírito. Aí, sim! O milagre provocado por esta gloriosa presença irá fazer a diferença - seja na vida de um profeta; ou em um pedaço de osso.

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário