segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O que este Bispo viu

Ainda estou impactado por um grande sentimento de gratidão a Deus, por ter me permitido estar em alguns dos nossos concílios regionais (I Região; III Região e VI Região). Foram dias memoráveis! Célia e eu, tivemos o prazer de estar presentes, desfrutando do ambiente, da comunhão e dos momentos devocionais destes conclaves. Não tivemos a possibilidade de estar nos concílios da Região Missionária do Nordeste e da V Região, devido a coincidência de data. Assim como não poderemos também estar no concílio da IV Região, pelo fato do mesmo coincidir com o da nossa II Região. Pude ver muitas coisas durante os dias passados entre irmãos e amigos.

O que este Bispo viu

Este Bispo viu o agir de Deus em todos estes concílios. A presença do Senhor foi marcante nas devocionais e nos trabalhos administrativos das sessões plenárias.

Este Bispo viu a continuidade do "modo wesleyano de ser". Mesmo com a criação de novas regiões e a alternância de comando regional, o "modus vivendi" dos obreiros e delegados foi sempre o costumeiro.

Este Bispo viu a segurança com que os trabalhos foram conduzidos pela "Mesa". Um clima de cordialidade e respeito prevaleceram durante os plenários; mesmo durante as questões mais debatidas.

Este Bispo viu a excelência do serviço das comissões de apoio durante o desenrolar dos concílios. Comida farta e de boa qualidade; acomodações adequadas, proporcionando boas condições de descanso e lazer aos conciliares.

Este Bispo viu as lágrimas daqueles que se sentiram, em algum momento, preteridos em seus anseios; ou frustrados em suas aspirações. No entanto, as dores e sofrimentos adquiridos ali - como que "feridas no campo de batalha", foram tratados pelo "bálsamo de Gileade".

Este Bispo viu também o sorriso estampado na face daqueles que viram seus desejos correspondidos. Embora a face dos que sorriam tenham sido em maior número do que a face dos que choravam, os sentimentos geradores destas manifestações não podem ser avaliados pelo conceito de "bom e ruim". É que sorriso e lágrima podem ser manifestações de um mesmo sentimento - misto de dor e alegria.

Este Bispo viu algumas nomeações que, devido a dimensão das mesmas, se tornaram, de imediato, objeto de suas preocupações. No entanto, só o tempo revelará se suas preocupações tinham ou não razão de ser.

Este Bispo viu também algumas coisas que preferia não ter visto. Mas este tipo de visão não deve ter lugar neste registro.

Só para finalizar: Célia e eu nos sentimos comovidos com as muitas manifestações de carinho que recebemos - tanto por parte da liderança, como por parte dos obreiros e conciliares em geral. Foram dias para não serem esquecidos. Que fique registrado aqui o nosso voto de apreciação, pelo competente trabalho realizado pelos Bispos Presidentes dos Concílios em pauta: Bispo Elisiário, da I Região; Bispo Caleb, da III Região; e Bispo Amaral, da VI Região. Parabéns a estes homens de Deus, pelo seu brilhante desempenho! Glória a Deus por estas vidas!

Cordialmente;
Bispo Calegari


2 comentários:

  1. venho por meio desta dizer q e a segunda vez q estou triste com o senhor bispo rrs
    primeiro vc tirou o pastor celso da igreja de são lourenço!
    foi divisél mais vou melhor para ele pq o igreja divisél rrsrs
    segundo manda ele para longe agora fala sério bispo rsrs
    espero q ele seja feliz lá pq um homem de Deus como ele é q trabalha mesmo ... tem q ser honrado o senhor ñ acha?
    MISSERICORDIA PELO PASTOR CELSO!
    ESTOU MUITO TRISTE A GENTE SE VER POR AI UM DIA ME AGUARDE RSRSRSRRSR
    O SENHOR É UMA BENÇÕA DE DEUS MESMO ASSIM RSRSR
    ABÇS

    ResponderExcluir
  2. Rosangela; louvo a Deus por tua vida, e também por teu amor e consiideração pelo Pastor Celso que, como voce já sabe, é um homem de Deus.
    No entanto, querida irmã, gostaria que voce visse as coisas deste modo: Não se trata de tirar ou por alguém, aqui ou ali. O que buscamos é o cumprimento do propósito de Deus.
    reconheço que nem sempre acertamos... Mas voce pode ter a certeza que acertamos muito mais vezes do que erramos. E é devido a isso que o Senhoor continua agindo em nosso meio.
    Que o Senhoor te abençoe e te guarde, minha filha.

    ResponderExcluir