sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Bem-vindo, 2011!

"Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito" (Provérbios 4.18).

Estamos no limiar de um novo ano. Dentro de aproximadamente 15 minutos (hora de Brasília), atravessaremos os umbrais do Novo Ano. Quando transpormos estes umbrais, deixaremos para trás inúmeras palavras e atitudes que projetamos e liberamos ao longo dos doze meses do ano que em breve se finda. Acredito que se pudéssemos retroceder no tempo, procuraríamos de todas as maneiras evitar as palavras infelizes que pronunciamos; assim como as atitudes impróprias que tomamos. Mas isso não é mais possível. Todavia, eis que o novo ano chega! E com ele a oportunidade de encetar novas medidas e medir as palavras proferidas ao longo dos seus trezentos e sessenta e cinco dias. Existe em nós a certeza quanto ao fato de que não podemos mudar aquilo que fizemos no ano que se finda. Alguns males podem ter sido de natureza irreparável. Entretanto, resta-nos a chance de aproveitar as lições geradas pelos erros cometidos, para que o ano de 2011 tenha como ingrediente do seu recheio as decisões ponderadas e acertadas; e as boas palavras, refletidas e bem colocadas.

E temos um recurso que a grande maioria dos habitantes deste planeta, que chegarão ao novo ano, não tem: Temos uma vereda que vai se tornando cada vez mas clara - como a luz da aurora. E esta vereda pode produzir não somente um novo dia perfeito; mas também um novo ano iluminado. A graça de Deus revelada em Cristo, pode nos fazer bem-sucedidos em meio aos desafios e tarefas que estarão presentes durante o mesmo. Seja bem-vindo, 2011!

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário