segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Giro episcopal pela II Região

IMW de Salvador

A cidade de Salvador - tão conhecida a nivel nacional e até internacional, dispensa maiores comentários. Seu desempenho económico e político tem sido de grande importância para o Pais; fato que torna sua presença indispensável em todas as discussões que envolvem as políticas públicas da nação brasileira. E a IMW está presente em seu contexto evangélico, ainda que discretamente. No entanto, as possibilidades da IMW são amplas em Salvador. Sua sede própria está localizada no Bairro Pirajá - bairro de grande densidade demográfica, situando-se na principal artéria do bairro; e o índice de simpatia da população, pela IMW, vem crescendo a cada dia.

Gastamos cerca de quatro horas no percurso entre Itabuna e Salvador (a parte final de percurso foi feita de barco). No cais já estavam a nossa espera os Pastores Niel e Leonel, juntamente com o irmão Milton. Em Salvador, como a grande maioria das capitais brasileiras, tudo é muito distante. Antes de ir para Lauro de Freitas, município vizinho, onde almoçaríamos, demos uma passadinha em frente ao templo da IMW, em Pirajá.

Chegamos muito atrasados para o almoço, que nos foi oferecido pelo casal Milton e Cláudia. Tanto Célia quanto eu, nos sentimos felizes por ter conhecido este abençoado casal e dois de seus três filhos - o Mateus e o Felipe. O irmão Milton trabalha no ramo da construção civil - um empreendedor nato; Cláudia exerce a medicina na cidade de Salvador, onde diversos familiares seus exercem também a vocação médica. Foi uma bênção termos sido recebidos em sua bela casa; e almoçado um saboroso almoço (uma carne assada diferente, acompanhada de arroz, feijão, salada, e um tipo de farofa; daqueles em que os baianos são insuperáveis). Lamento ter chegado tão tarde em casa deles, obrigando-os a um jejum até as 16 horas, que foi quando começamos a almoçar.

O trabalho em Salvador é dirigido pelo Pastor Niel e sua esposa Nildete. Eles tem quatro filhos: três residindo em BH e um residindo em Ilhéus. A igreja é servida também por dois presbíteros, uma Missionária e um corpo diaconal muito eficiente. É importante destacar o trabalho realizado pela esforçada irmã Gildete, sempre motivando os membros; muito interativa; com uma dedicada direção a frente do Ministério de Louvor.

Está chegando, para somar forças em Salvador, embora com um perfil de ministério de Mestre, o Pastor Eviziomar Leonel e sua dedicada família, constituída de sua esposa e quatro filhos muito simpáticos(infelizmente, não consegui anotar os nomes). Creio que o Pastor Leonel tem uma grande contribuição a dar na IMW em Salvador; especialmente no planejamento estratégico e na formação de liderança, para atender às metas de crescimento da obra wesleyana nesta grande cidade.

Tivemos que correr "contra o tempo", para tentar chegar ao culto na nossa igreja. Célia e eu, tomamos um rápido banho em casa do irmão Milton; em seguida, ele nos levou em seu carro até o culto (de sua casa à nossa igreja, é uma distância considerável). Chegamos com algum atraso, mas lá estava a irmã Gildete dirigindo o culto com a graça que lhe é peculiar. Como o Pastor Niel estava conosco, juntamente com o Pastor Leonel; acabamos todos chegando atrasados. Mas o ambiente do culto já demonstrava um maravilhoso mover do Espírito Santo de Deus.

Fomos, em seguida, dormir em casa do Pastor Leonel; onde nos reservou uma hospedagem muito confortável. Passamos bons momentos juntos, conversando em família. No dia seguinte, após o café da manhã, preparado com todos os ingredientes que transformam a primeira refeição do dia em uma iguaria tão saborosa; Durante o período da manhã, estivemos reunidos, a nível de liderança, conversando sobre diversos assuntos pertinentes ao trabalho wesleyano em Salvador. Já passava da hora, quando fomos almoçar fora, num clima de alegria e descontração. Dali mesmo, partimos para a cidade de Coração de Maria, para mais um "giro".

IMW de Coração de Maria

Coração de Maria é uma cidade com 30 mil habitantes, localizada no eixo entre Feira de Santana e Salvador. Para se dirigir até ela, é necessário passar pela cidade de Conceição de Jacuípe, mais conhecida como "Berimbau", (a IMW de Coração de Maria mantém, nela, uma abençoada congregação), que fica bem próxima da BR 101. Sua distância de Feira de Santana é de aproximadamente 25 km. E de Salvador, cerca de 100 km; portanto, uma localização estratégica. Sua economia está baseada na pecuária, na produção de abacaxi e na atividade comercial. Atualmente, vive na expectativa da exploração de minério de ferro, devido a descoberta de importante jazida desse minério, abrangendo cerca de 40 mil hectares (10 mil hectares já autorizados para exploração). Certamente que esta riqueza elevará bastante a sua condição sócio-econômica. E a IMW ocupa um lugar de destaque na cidade, com um belíssimo templo e muito bem conceituada e próspera, crescendo em graça e em número, tanto diante de Deus como diante dos homens.

Saímos de Salvador, já em horário avançado, com chuva fina. Chegamos aos limites de Coração de Maria por volta das 18h30m. Ao entrar na cidade, parei no Posto de gasolina e me dirigi a um dos frentistas do mesmo. Perguntei se conhecia a IMW e onde ela ficava. Ele esboçou um largo sorriso e me disse: "É logo ali. Eu e minha família somos membros dela" - mostrando-me em seguida seu celular tocando um belo hino. Era visível a alegria e satisfação que seu rosto e palavras exibiam. Seguindo suas informações, chegamos facilmente à igreja, encontrando o Pastor Valter e a irmã Ediene a nossa espera; com um lanche já posto à mesa (uma torta de atum e um bolo de abacaxi de sabor irresistível). A casa pastoral fica ao fundo do templo. Enquanto nos arrumávamos, eles foram para o culto,

Logo no início do culto, percebemos que a igreja se encontra em uma boa situação espiritual. Muita alegria e glorificação durante o período de louvor. Uma juventude bem animada; o templo quase cheio, apesar de ser uma quarta-feira. Creio que não houve quem não fosse edificado! O louvor; a coreografia; o número apresentado pelos adultos; a palavra da irmã Maria Célia; a pregação; enfim... Deus agiu lindamente em nosso meio. Introduzi minha participação, dizendo do encontro com o jovem do posto, bem como da alegria dele em apresentar-se como wesleyano. Entendi que ele não estaria no culto, devido ao trabalho. Mas para a minha surpresa, durante os cumprimentos ao final do culto, lá estava ele (chama-se Rogério), apresentando-me sua família, feliz da vida! Percebi que correra bastante, para estar no culto. Pude cumprimentar também os dois Presbíteros: Linsmar e Otávio; e também o irmão Éderson. Tive o prazer de conhecer o casal José Cerqueira e Neuza, que se transferiram recentemente d; e uma outra igreja evangélica para a nossa igreja.

Após o culto, foi-nos servido pela irmã Ediene, um delicioso jantar - que bênção de frango caipira com polenta! Dormimos em sua casa. Pela manhã, um café típico do Nordeste; com tapioca, cuzcuz, inhame, ovos mexidos, etc. Durante esse período, conversamos bastante com a querida irmã Maria Ilza, mulher dedicada na obra de Deus, que perdeu seu filho a pouco tempo (ele foi cruelmente assassinado em seu táxi). Ela pede oração pelos seus filhos; dos seis filhos, apenas dois ainda não se decidiram por Jesus. Saímos em seguida, sem condições de ir à posse do Bispo José Damião, em Recife, devido a forte virose que atingiu a Maria Célia e eu. Nosso retorno se revestiu de alguma preocupação, pois nossos estado de saúde estava se debilitando rapidamente; e o regresso somava uma distância de cerca de mil e quinhentos km. Mas Deus nos trouxe em paz mais esta vez, depois de dois dias de viagem difícil.

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário