quinta-feira, 15 de julho de 2010

Giro episcopal pela II Região

IMW de Araxá

Araxá, cidade de 80 mil habitantes, ocupa lugar de destaque em Minas, pois lá viveu "Dona Beja" - personagem que se mistura com a História do Brasil. Sua atividade turística é relevante para a economia do município. Todavia, é na mineração que tem o seu "carro-chefe": E isto porque em suas terras está presente o nióbio, minério de grande valor (o Brasil detém 98% de suas reservas mundiais), sendo que todo o nióbio utilizado no mundo é de origem 100% brasileira. Este minério tem sua utilização em instrumentos cirúrgicos, turbinas de aviões, foguetes, armas, etc. (sua presença na indústria de precisão é de vital importância, como componente de peças a serem submetidas a altas e baixas temperaturas). Sua pecuária também é muito forte (Seus queijos estão entre os melhores de Minas), seguindo bem de perto a vocação do Triangulo Mineiro. E a IMW está presente em Araxá, cumprindo o "IDE" de Jesus.

Para nos dirigirmos a Araxá, tivemos que passar por Belo Horizonte, onde fomos buscar o Pastor Jorge Perim - SD do Distrito de Uberaba, no Aeroporto de Confins, o qual seria nosso companheiro de viagem em nossa visita ao Distrito. Após cerca de seis horas de viagem, chegamos à porta da residencia pastoral, sendo recebidos pelo simpatico Jordan, filho mais velho do Presbítero em função pastoral Abiezer, e sua esposa Ana Paula. Este casal oriundo da IMW da Abadia, está realizando ali um importante trabalho missionário, sendo mantido com recursos do jovem Distrito de Uberaba, que investe 3% da receita das igrejas filiadas, na expansão wesleyana no Triângulo Mineiro. Os filhos do casal são o adolescente Jordan (o que nos recebeu quando chegamos), que é baterista da igreja, e o pequeno Gabriel.

Ficamos impressionados com o avanço da igreja, sob os cuidados pastorais do Abiezer. O culto foi de muita alegria e grande edificação, com o Ministério de Louvor sob o comando do Presbítero Willer, que se dedica com amor a este ministério. Fiquei feliz em conhecer também o Presbítero Adão, pioneiro do trabalho em Araxá, que está na igreja desde os dias do Pastor Nélio. Apesar de ser uma igreja ainda pequena, já exibe o perfil de igreja grande, pois seus oficiais são bem ativos. Inclusive, já tem promovido Encontro de Casais e Retiro de Senhoras. Conheci também o diácono Luiz, o qual tem usado sua habilidade como pedreiro para trabalhar na reforma do templo e seus anexos.

Após o culto, rumamos para a casa pastoral, onde a irmã Ana Paula nos reservava uma deliciosa supresa: Um jantar com aquele sabor que os mineiros de modo geral sabem imprimir: havia carne de panela; uma salada diferente, e a gente só comendo, comendo... Até Maria Célia, sempre muito comedida em comer a noite, admitiu ter passado do limite (gente, como cozinha bem a esposa do Abiezer!!). Após o jantar fomos dormir, para podermos levantar bem cedo, pois a viagem para Monte Carmelo demora cerca de duas horas, e teríamos que estar lá as nove da manhã. Mas sobre isso falaremos na próxima postagem!

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário