terça-feira, 29 de junho de 2010

Giro episcopal pela II Região

IMW de Itamonte

Continuando em nosso "giro" pelo Distrito de Caxambu, rumamos de Alagoa para Itamonte. Esta cidade tem o perfil de uma cidade interiorana. O seu parque industrial é forte para o porte da cidade. Para quem sai da via Dutra, Itamonte fica no trajeto para as estâncias hidrominerais de S. Lourenço e Caxambu. E nossa igreja está sendo plantada ali, mediante o esforço e dedicação do Pastor Gilberto e sua família (sua esposa Hosana e seus filhos Lucas, Sara e Mariana. Há também a filha do coração - Elisandra).

Célia e eu, fomos muito bem recebidos no lar destes amados irmãos. Eles nos cederam com muito amor o seu quarto de dormir, visto que a casa não é tão grande. Após algum descanso, fomos para o culto, em um agradavel salão, no centro da cidade. A noite muito fria não impediu os irmãos daquela igreja de se reunirem. Foi um culto muito animado e participativo. O louvor foi dirigido pela irmã Ana Paula, que tem sido usada por Deus neste ministério. Célia discorreu sobre o projeto "Mães de Oração", orando em seguida com toda a igreja, pelos filhos dos irmãos presentes. Deus me deu graça para pregar mais uma vez. Lamentei não ter podido encontrar o Presbítero Ildefonso e sua esposa Geny, pois o mesmo está em tratamento de saúde (pedimos orações em favor dele, pois seu caso inspira cuidados).

Após o culto, fomos para a casa do Pastor Gilberto. O interessante é que sua sobrinha Jéssica havia saído um pouco antes do culto terminar; depois fiquei sabendo que ela saira mais cedo para adiantar o jantar. E, meus irmãos, foi um jantar requintado! Entre outras coisas deliciosas, foi feito um prato, a base de frango, chamado de "tulipas". Foi a primeira vez que vi algo assim; delicioso! Todos nós ficamos ali, em volta da mesa, comendo e conversando. A "prosa" estendeu-se até por volta das duas da manhã, quando fomos vencidos pelo cansaço.

Sentimos muita alegria em conviver mais de perto com esta família. Pudemos estabelecer amizade com a Jéssica e seu marido - Gabriel, um casal ainda bem jovem. E também os futuros genros do Pastor Gilberto - Luciano, namorado de Sara, e Leonardo, namorado de Mariana; ambos firmes na obra do Senhor. No dia seguinte, ficamos para o almoço, igualmente maravilhoso (a irmã Hosana herdou de seus pais a arte de cozinhar - como a família cozinha bem!). Ah, não posso esquecer de destacar o presente especial que o Lucas deu a Maria Célia (um canário belga cantador que ele só). Obrigado, Lucas; também vou desfrutar deste belo presente.

Cordialmente;

Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário