quinta-feira, 6 de maio de 2010

Giro Episcopal pela II Região

Atenção


Antes de informar o "Giro", informo aos meus seguidores que foi editada a parte final do título "Prenuncio do Fim", em 24 de abril de 2010. Creio que vale a pena dar uma examinada.


Bom, passando agora ao "giro"; tenho o grande prazer de informar sobre os dois primeiros dias de maio, dias maravilhosos, que Célia e eu passamos em Santana do Deserto, pequena e belíssima cidade mineira, que faz divisa com a cidade de Levy Gasparian, no Rio de Janeiro. É que foi realizado ali o I Encontro de Avivamento do Distrito de Juiz de Fora. Foi fantástico! Ao chegarmos lá, fomos encaminhados pela Dioaconisa Luiza, que também e Secretária Municipal, para a "Pousada dos Pássaros", lugar acolhedor e confortavel, administrada pelo popular "Murú" (como é carinhosamente tratado por todos) onde ficamos hospedados.

Tivemos o prazer de participar do evento, ministrando duas vezes: na noite de sábado e na manhã de domingo. Realmente, avivamento foi o que se viu por lá. Algumas coisas me impressionaram ali:

A Primeira delas, foi a recepção de alto nivel demonstrada pelos wesleyanos de Santana do Deserto, sob o comando pastoral do Pastor Lusmar e sua esposa Cirlene. Aliás, a Sirlene foi minha ovelha, quando adolescente, em meu tempo como pastor da IMW Betel, em Petrópolis. Tivemos a alegria de rever também a Sirlete, sua irmã, e a mãezinha de ambas. Comovia ver tanta dedicação, tanto da equipe da cozinha, como da equipe de hospedagem e apoio. Foi um serviço de atendimento aos "encontristas", que podemos classificar como de nota 10.

Outra coisa marcante, foi constatar a unidade dos obreiros, em torno do seu SD - o Pastor Edilton, que, com sua esposa Ingred e suas duas filhas, sempre atuantes, não mediram esforços durante todo o evento. Percebia-se claramente o clima de unidade dos obreiros, todos presentes ao evento. Os Pastores Antonio Carlos Campos, Carlos Roberto, Lusmar, e Edson Borges; bem como os Aspirantes Isaque e Izaquiel; todos acompanhados de suas respectivas esposas (exceto os Pastores Antonio Campos e Edson Borges).

Também me impressionou o poder de mobilização do Pastor Edilton, que trouxe para Santana do Deserto, a um evento de dois dias, importantes representações de todas as 7 igrejas do Distrito (Central de Juiz de Fora, II de Juiz de Fora, Barbacena, Conselheiro Lafaiete, S. João del Rey, Pequeri, e a igreja hospedeira - Santana do Deserto). Ao final do evento, todos os obreiros foram presenteados pela Coordenação do Evento; e a Diaconiza Mariangela (não sei se é a maneira certa de escrever seu nome) entregou-nos belas lembranças. Foi uma experiencia maravilhosa! Graças a Deus, que nos tem abençoado em Cristo, proporcionando tanta unção em ocasiões como esta!

Como não tenho tempo para prosseguir agora, narrando nossa ida à IMW de Bonsucesso, para a festa dos seus 28 anos (é que estarei viajando para BH dentro de alguns minutos), vou ficando por aqui.

Cordialmente;
Bispo Calegari

Um comentário:

  1. Para nós, wesleyanos de Santana do Deserto foi uma experiência marcante e muito gratificante poder ser hospedeiros e contribuir para realização do primeiro Aviva.Toda a Glória seja dada a Deus.
    Um forte abraço, Pr. Lusmar

    ResponderExcluir