segunda-feira, 12 de abril de 2010

Giro Episcopal pela II Região

Pois é, meus irmãos; aqui estamos novamente, trazendo algumas informações sobre as visitas semanais que fazemos às igrejas da II Região. São momentos de grande edificação espiritual, sem os quais, tanto Célia como eu nos sentiríamos privados de riquezas de incalculável valor para as nossas vidas e ministério. Cada visita feita é uma nova oportunidade de conhecer melhor os obreiros e igrejas sob nossa supervisão. E hoje falaremos um pouco de nossa visita à IMW de S. José do Calçado, cidade ao sul do Espírito Santo, a cerca de 20 km de Bom Jesus do Norte - cidade fronteiriça ao Estado do Rio de Janeiro, onde a IMW tem uma próspera congregação, separada pelo rio Itabapoana, que divide as duas cidades limítrofes (do lado do Rio de Janeiro, fica a cidade de Bom Jesus do Itabapoana; onde a I Região tem uma abençoada igreja; do lado do Espírito Santo fica Bom Jesus do Norte, onde a IMW de S José do Calçado tem uma próspera congregação, que está inclusive construindo um grande templo).

Célia e eu, chegamos a B. Jesus do Norte por volta das 16 horas deste sábado. Não foi dificil encontrar o querido Pastor Julio Cesar - obreiro dedicado e muito estimado na cidade. Após um breve descanso em sua casa, fomos nos preparar para o culto. Antes do banho, a irmã Marinete, esposa do Pastor Júlio, nos serviu delicioso lanche. Com a agradavel promessa de que teríamos um jantar especial, após o culto, com uma "muqueca de robalo" como prato principal (maravilha!). Os dois filhos do casal - Renan e Junior, são uma simpatia só; sua dedicação aos hospedes é fantástica. Lá também estavam: o irmão mais novo do Pastor, acompanhado da esposa e da simpática filhinha do casal, que vieram de Cachoeiro para estar com eles.

Fomos então para o culto; o templo estava lotado, como dá última vez em que estivemos ali. Fica em rua principal, muito bem localizado. O ambiente era de fervente adoração, marcado por muita alegria e quebrantamento. Gostamos muito do dueto "Oldair e Jesiel", que entoaram belos e inspirados hinos; muito bem afinados por sinal. Ah, não podemos deixar de fazer referência ao grupo de "prá God" (achei melhor tratá-los assim, por razões óbvias), de nome "Exalta a Deus"; todos eles membros de uma das congregações da IMW Central de Cachoeiro do Itapemirim (veio um grupo daquela congregação, em uma van, liderado elo seu presbítero dirigente). Percebi grande espiritualidade no grupo, mesmo com sua maneira diferente de louvar a Deus. O Pastor Jorge Camargo, nosso SD no Distrito de Cachoeiro do Itapemirim, chegou com algum atraso, mas em boa hora, à tempo de cantar uma de suas belas composições, de título "correndo na frente" (como o Senhor o tem usado em composições de grande beleza e valor!). Célia, como não podia deixar de ser, falou sobre o "Desperta Débora"e, em seguida, preguei a Palavra de Deus. A Unção de Deus veio sobre todo o povo ali reunido. Ao final da reunião, participamos, com muita emoção e quebrantamento, da "Mesa do Senhor" - uma santa ceia ungida por nosso Deus. Tivemos o prazer de abraçar vários irmãos. Conversamos um pouco com o Presbítero Eli, que ali estava com sua esposa Lurdes e sua filha caçula, de nome Késia; nos comprometemos em orar por sua filha mais velha - Dalsaiane - que está precisando voltar aos braços do "Pai".

Ao final da reunião, fomos direto para a terraço da casa pastoral; um delicioso jantar estava a nossa espera. O grupo do "Exalta a Deus" já estava lá, com outros irmãos de Cachoeiro. Jantamos todos juntos, num clima de grande comunhão e confraternização. Ah, acompanhava a tão esperada "muqueca de robalo", um especial pirão, que todos repetiram. Hávia também um guizado de carne com batata, que todos acabaram comendo também. O interessante é que a opção não era "peixe ou carne"; mas sim "peixe e carne". Todos comeram muito bem. Alguns de nós dormimos na casa do Pastor Júlio (tinha gente dormindo até no corredor). Oramos juntos! Nos alegramos juntos! Comemos juntos! Uma verdadeira família em Cristo! Ontem pela manhã bem cedo, tomamos um farto cafe da manhã (parecia café de hotel 5 *). Depois saímos em viagem para Jerônimo Monteiro, cidade a cerca de 130 km, onde iríamos ministrar na Escola Dominical. E falaremos também sobre nossa visita à IMW de Guaçui, pastoreada pelo querido Pastor Gilberto Beloni. Mas esta parte do "Giro" fica para amanhã ou quarta-feira, pois chegamos à pouco; muito cansados desta inesquecivel viagem.

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário